Câmara A+  
A-  
A 
Buscar no site:

Sobrou críticas ao prefeito e secretários na Câmara de Monte Belo


Em 12/05/2015 - Sobrou críticas ao prefeito e secretários na Câmara de Monte Belo

Trabalho do Lar dos Idosos, situação financeira dos municípios, Encontro de Carreiros, estradas rurais e projetos aprovados. A reunião do Legislativo de Monte Belo no dia 22 de abril foi bastante movimentada. Sobrou críticas ao prefeito e secretários da administração.

LAR DOS IDOSOS - Maria Greice Rodrigues Souza, vice-presidente do Lar dos Idosos Imaculada Conceição, fez uso da tribuna do Legislativo para agradecimentos aos vereadores e ex-vereadores que ajudaram a entidade no ano de 2014. A dirigente informou que o deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSDB) contemplou o Lar dos Idosos com uma verba de R$ 20 mil para a aquisição de bens permanentes. Segundo ela, a ação social foi de grande importância para suprir as necessidades da entidade em todos os setores. Acrescentou que o pedido da verba ocorreu através dos vereadores Marquinho Tranches e Luiz Carlos do Doti, bem como de todo grupo de trabalha pelo deputado Arantes no município de Monte Belo. Em seguida, a dirigente também destacou que o deputado estadual Pompílio Canavez (PT) contemplou a entidade em 2014 com uma verba de R$ 30 mil para a aquisição de material de construção e mão de obra para a construção de um poço artesiano com capacidade de 3.500 litros de água por hora, além de uma caixa de água com 12 mil litros de água. A ação proporcionou à entidade uma economia de R$ 1.600,00 no orçamento mensal. O pedido da verba foi intermediado através da ex-vereadora Osmarina Aparecida de Moraes Rocha (“Marina do Sindicato”). Vale informar que a entidade atende atualmente 42 idosos. No final, diversos vereadores manifestaram apoio e elogiaram o trabalho realizado pela diretoria do Lar dos Idosos Imaculada Conceição de Monte Belo.

 

PROJETOS APROVADOS - Foram aprovados por unanimidade, projetos de Decreto Legislativo concedendo título de Cidadania Montebelense ao deputado federal Luiz Tibé e diploma de Honra ao Mérito ao Sr. Manoel Vicente da Silva.

Foi rejeitado por todos os vereadores o pedido de votação em regime de urgência do projeto de Lei do Executivo que dispõe sobre a constituição do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e os procedimentos de inspeção sanitária nos estabelecimentos que produzam bebidas e alimentos de consumo humano de origem animal e vegetal.

Foram aprovados por unanimidade, em regime de urgência, os seguintes projetos de Lei do Executivo: 1) autorizando a abertura de crédito especial no orçamento do município no valor de R$ 11.700,00 para a manutenção do Programa Saúde da Família (PSF) e do Programa Mais Médicos para o Brasil; 2) autorizando a abertura de crédito especial no orçamento vigente de 2015 do município no valor de R$ 64.555,63, para atendimento básico de saúde; 3) autorizando a abertura de crédito especial no orçamento do município no valor de R$ 5 mil para subvenção ao Instituto Sul Mineiro de Estudos e Conservação da Natureza. Este projeto mereceu comentários elogiosos ao Instituto por parte de diversos vereadores.

 

ENCONTRO DE CARREIROS - O vereador Luiz Carlos do Doti (DEM) informou que no último domingo, 19, foi realizado com grande sucesso o 1º Encontro de Carros de Boi em prol da Santa Casa de Monte Belo. Assim, agradeceu a comissão organizadora do evento, sendo que a arrecadação ainda está sendo apurada, com expectativa de valor superior a R$ 10 mil. O vereador, membro da organização, agradeceu o apoio de Marciléia (Secretária de Educação), Luciene (setor de cultura), Sargento Rogério (PM), delegado Dr. Sílvio, Marcelly (Secretária de Saúde), motorista Roberto, prefeito Humberto, Lucinho (Secretário de Obras), Renê (Ilumissom), vereadores, além de todos que ajudaram de alguma forma. O evento mereceu elogios por parte dos demais vereadores.

Luiz Carlos do Doti ainda fez um alerta quanto à necessidade de limpeza de terrenos, bem como a colocação do lixo de forma correta para destinação através da prefeitura. Também revelou que o município foi multado em R$ 19 mil devido à situação na coleta do lixo. Segundo ele, o entulho deve ser destinado em terreno próprio. Fez um alerta devido ao grande risco da dengue e Febre Chikungunya. No final, comentou ter tomado conhecimento de que a equipe contratada pela AMOG para o serviço de iluminação pública já esteve atuando no município de Monte Belo.

 

SECRETÁRIOS -O vereador Nilsinho (PMDB) foi direto ao afirmar que a coleta do lixo é um problema da prefeitura. “O município que se vire para arrumar um lugar para colocar o lixo”, disse. Portanto, a população não pode ser penalizada. Também relatou que morador reivindica a colocação de dois redutores de velocidade (lombadas) na Rua Teodoro da Fonseca. Nilsinho ainda considerou a iluminação da cidade uma verdadeira vergonha. Mesmo com as luzes acesas, as ruas ficam na escuridão. Assim, pediu providências a respeito. O vereador reclamou da situação das estradas rurais e da falta de atenção por parte dos secretários e encarregados da prefeitura. Contou que os mesmos não estão agindo com respeito em relação aos vereadores e a própria população. Afirmou que os secretários são colocados pelo prefeito em cargos de confiança e devem agir com respeito. “O Secretário deve respeitar o vereador”, reclamou.

 

MAMOGRAFIAS - O vereador Claudinho (PR), através de indicação ao Executivo, sugeriu que seja feito um levantamento dos lotes de propriedade do município que não estão sendo utilizados, bem como a posterior doação dos respectivos lotes à população carente. O mesmo vereador ainda reivindicou a execução da rede de esgoto na Rua Aristides Coimbra, no Distrito de Juréia.

Claudinho ainda informou que entre os dias 08 e 19 de junho, um caminhão da Secretaria de Estado da Saúde estará no município realizando 300 exames de mamografias em mulheres com idade entre 50 e 69 anos. O vereador destacou o empenho da Secretária de Saúde, sendo que as mulheres interessada devem buscar informações.

O vereador, líder do prefeito, ainda comentou sobre a situação das estradas rurais. Segundo ele, mesmo com a execução do serviço em alguns pontos, existem muitos outros em situação ruim, principalmente devido à falta da colocação de cascalho. Pediu providências com relação a buraco na estrada que liga os bairros Porão e Minduri, visto que existe risco de acidente com ônibus escolar. Criticou a alegação da falta de óleo combustível para as máquinas e veículos.

No final, pediu providências quanto à coleta da lixo em ruas do bairro Jardim Novo Horizonte, bem como a pintura de redutores de velocidade em diversos pontos da cidade.

 

PRODUTORES RURAIS - O vereador Luciano Ferreira (PT do B) relatou que foi procurado por vários produtores rurais pedindo serviço de máquinas nos “carreadores” das lavouras de café e terraplanagem nos terreiros. Luciano afirmou que o município deveria recuperar duas máquinas que estão paradas no pátio da prefeitura e contratar operados para atender aos produtores rurais.

 

PREFEITO DE ALTEROSA - O vereador Marquinho Tranches (DEM) comentou a difícil situação financeira enfrentada pelos municípios devido à redução nos repasses pelo governo federal. Lembrou entrevista dos prefeitos Guidi (Botelhos) e Marcelo (Alterosa) neste semanário destacando este problema. Para o vereador, Marcelo Nunes de Souza é um dos melhores prefeitos da região e vem mudando “cara de Alterosa” com muito trabalho e dedicação. Mesmo assim, a liderança revelou que está ficando extremamente impossível administrar os municípios devido à falta de recursos. Marquinho relatou as reduções no repasse do FPM - Fundo de Participação dos Municípios, causando enormes dificuldades, como é o caso de Monte Belo.

Em seguida, Marquinho comentou ação do deputado Arantes na destinação de R$ 20 mil para o Lar dos Idosos. Portanto, defendeu o trabalho de lideranças, contando com a atuação de pessoas honestas como os membros da diretoria da entidade. Para ele, os eleitores devem pensar no momento do voto, criticando os deputados que aparecem no município somente a cada quatro anos.

No final, Marquinho solicitou envio ao Secretário de Obras pedindo providências quanto à instalação de meio fio e dois postes de energia na Rua Vereador Manoel Ribeiro da Silva, atendendo morador que está executando uma obra no local.

 

FALTA ÓLEO - A vereadora Maria Aparecida “Cida” (PSD) afirmou que o colega Marquinho não perde verba porque é da base do prefeito. Porém, reclamou que verbas viabilizadas através do seu trabalho “foram perdidas por politicagem” porque não faz parte da base aliada do prefeito.

Cida, mesmo reconhecendo o empenho do Secretário Lucinho, criticou a falta de óleo combustível para as máquinas da prefeitura. Com isso, prejudicando o trabalho de conservação das estradas rurais. “Que vergonha e absurdo. Se continuar assim, fechem as porteiras”, disse. Segundo ela, a falta de óleo ocorre justamente pela falta de pagamento dos postos de combustíveis. Contou que conhece todos os bairros do município e seus moradores, relatando a situação crítica das estradas rurais em diversos pontos. Defendeu melhorias, principalmente com a proximidade da colheita do café. Além disso, o município vive da economia familiar dos pequenos produtores.

 

PALAVRA DO PRESIDENTE - Através de indicação ao Executivo, o presidente Ricardo Prado (PR) solicitou a colocação de placas de denominação nas ruas do bairro Cohab, visto que a situação atual prejudica o trabalho dos funcionários dos Correios e moradores que ficam sem receber suas correspondências. O presidente ainda sugeriu a colocação de cascalho nas estradas dos bairros Rancharia, Capoeira Grande, Pantano, Jacuba e Posses dos Lopes. Argumentou que as referidas estradas se encontram em péssimo estado de conservação, uso e manutenção.

O presidente ainda comentou outros diversos temas:

- abandono da Associação AMAR (canil) por parte do prefeito, sendo que o repasse não ocorre desde o mês de janeiro. Com isso, os cães estão morrendo, sendo que a presidente da associação também abandonou a entidade. O presidente solicitou o envio de ofício pedindo informações junto à prefeitura sobre a situação enfrentada;

- relatou boatos de que somente os carros da educação e saúde estão sendo abastecidos. Argumentou que, sem óleo para as máquinas e caminhões, não é possível a colocação de cascalho nas estradas rurais. “O que está acontecendo?”, indagou;

- questionou a falta de envio ao Legislativo do Plano de Saneamento Básico que a Secretária de Meio Ambiente e Agricultura protocolou na reunião anterior. São R$ 54 mil necessários para a elaboração do plano em seis meses. Se a providência não for tomada, o município poderá perder cerca de R$ 1 milhão nos próximos anos. Espera que o projeto seja enviado ao Legislativo até o dia 05 de maio;

- o presidente também questionou o fato do município de Monte Belo ainda não ter aderido ao SAMU - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Mesmo reconhecendo a existência de uma da UTI Móvel do município, afirmou que o SAMU pode ser de grande importância. Isto porque o convênio cobra apenas 25 centavos por habitante, totalizando R$ 3.265,00, representando um verdadeiro Plano de Saúde para a população;

- a respeito do Rodeio no Distrito de Juréia, com críticas de que o evento será realizado no campo de futebol, Ricardo esclareceu que a iniciativa teve aprovação dos moradores. Com isso, o prefeito deve tomar providências de reforma do local. Para ele, a população também merece opção de lazer;

- Ricardo voltou a criticar e cobrar providências quanto à reforma da Praça de Esportes. Relatou que assessores do deputado federal Aelton Freitas (PR), que viabilizou os recursos de R$ 250 mil, estiveram no município e tomaram conhecimento do impasse. O vereador avisou que continuará cobrando providências, chegando a relatar a incompetência do engenheiro da prefeitura.

Fonte: A Folha Regional - Ed. 1241