Câmara A+  
A-  
A 
Buscar no site:

Seis reeleitos fazem história no Legislativo de Monte Belo


Em 19/10/2016 - Seis reeleitos fazem história no Legislativo de Monte Belo

O resultado das eleições repercutiu na reunião do Legislativo de Monte Belo no dia 04 de outubro. Principalmente, com a reeleição de seis dos nove vereadores. Sobraram agradecimentos e manifestações de confiança.

IMPASSE COM A EMATER - O Gerente Regional da Emater, Willem Guilherme de Araújo, fez uso da tribuna do Legislativo (foto) e comunicou que desde o dia 03 de outubro o órgão decidiu decretar a suspensão das atividades do escritório local no município de Monte Belo. Isto ocorreu, segundo ele, por falta de negociação por parte da administração municipal com a empresa. Existe um convênio firmado há mais de 35 anos com o município, mas desde o ano de 2015 não ocorre o pagamento das parcelas mensais pela prefeitura. Assim, desde o ano passado, a Emater tem buscado mensalmente uma negociação com o Executivo. Porém, a situação chegou a tal ponto que foi necessário interromper as atividades no município. Willem lembrou negociação anterior para que a dívida fosse quitada, inclusive com o pagamento de algumas parcelas. Uma proposta de renegociação foi apresentada, mas sem solução para o impasse. Sem uma solução, o profissional revelou que num prazo de 30 ou 60 dias, por uma questão legal a Emater será obrigada a se retirar do município. Respondendo questionamento feito pelo vereador Nilsinho, Willem informou que a dívida do município com a Emater gira em torno de R$ 170 mil. Outros vereadores (Ricardo, Marquinho e Natalino) também manifestaram apoio e garantiram empenho para que o impasse seja superado, valorizando e defendendo o trabalho da Emater no município.

REJEITADO - Projeto de Lei do Executivo pedia autorização para a abertura de crédito especial no orçamento no exercício de 2016 no valor de R$ 4 mil. Conforme justificativa, o projeto visava a adequação de um servidor contratado através de processo seletivo para o cargo de agente administrativo I que atua na Secretaria Municipal de Saúde e Bem Estar Social. O servidor seria então transferido para a Secretaria de Finanças onde prestaria serviço junto ao setor de contabilidade. Colocado em votação, em turno único, a matéria dividiu os vereadores, recebendo 04 votos favoráveis (Natalino, Luiz Carlos, Luciano e Biscoito) e 04 votos contrários (Nilsinho, Cida, Claudinho e Marquinho). Diante do impasse, foi necessário o voto “minerva” (desempate) do presidente Ricardo Prado. Este, por sua vez, também foi contrário e declarou o projeto rejeitado.

APROVADOS - Foi aprovado por unanimidade, projeto de Lei majorando o montante de subvenção do exercício de 2016 para o hospital, passando então de R$ 257.980,00 para R$ 1.207.980,00. Da mesma forma, foi aprovado projeto autorizando ao Executivo a efetuar a abertura de crédito especial no orçamento no exercício de 2016 para ampliação ou reforma da piscina/fonte ornamental da Praça Francisco Wenceslau dos Anjos, no valor de R$ 35 mil.

HOMENAGENS - Foram aprovados diversos Decretos Legislativos autorizando a concessão de honrarias a personalidades do município.

Receberão Diploma de Honra do Mérito: Fernando Donizete dos Reis (através do vereador Natalino), Anízio José da Silva ((através do vereador Luiz Carlos), Vilson Antônio da Assunção (através do vereador Nilsinho)

Receberão o Título de Cidadania Montebelense: Jandira Souza Alves (através do vereador Luciano), José Eduardo Guimarães (através do vereador Luiz Carlos), Sebastião Alves Martins (através do vereador Nilsinho), Antônio Carlos Gomes (através dos vereadores Luiz Carlos e Nilsinho).

ALEGRIA DOS REELEITOS - Com seis vereadores reeleitos para o próximo mandato, naturalmente o clima foi de alegria e gratidão. O primeiro a se manifestar a respeito da vitória nas urnas foi o vereador Biscoito que agradeceu todos os cidadãos da cidade e zona rural pela esplêndida votação que recebeu (549 votos), se colocando à disposição de toda população do município. Parabenizou os colegas vereadores eleitos, bem como prefeito e vice-prefeito.

A vereadora Cida Correia confessou sua imensa felicidade com o resultados das eleições. Como já agradeceu muito a Deus, passou a agradeceu aos eleitores e todos os montebelenses. Ela foi reeleita para o quarto mandato, tendo conquistado 419 votos. Agradeceu também pela eleição do prefeito Valdevino, manifestando sua confiança no crescimento do município e avisando que estará cobrando em dobro. A liderança não deixou de criticar o atual prefeito, afirmando que o mesmo nunca se preocupou com a população, inclusive perdendo muitas verbas. Principalmente, recursos conquistados por ela que trabalhou muito na conquista. “Por politicagem, pois não tem explicação”, disse. Agora, continuará trabalhando na conquista de verbas, visto entender que a administração do futuro prefeito Valdevino será muito responsável e competente.

O vereador Nilsinho, reeleito para o quinto mandato com 434 votos, agradeceu todos os moradores da cidade e zona rural, destacando a recepção e carinho recebido por onde passou. Como passou por quase todas as casas do município, entende que todos os candidatos deveriam fazer o mesmo para saber como vive a população de Monte Belo. Acredita que o prefeito eleito Valdevino para olhar para as pessoas que precisam. Lamentou o fato do município não ter aproveitado a oportunidade de construir casas populares para a população que precisa desta conquista. Acredita que isto irá acontecer no próximo mandato, inclusive com o prefeito aceitando e aplicando os recursos viabilizados pelos vereadores junto aos seus deputados. “A população não vai se arrepender de ter elegido Valdevino para prefeito e eu para vereador mais uma vez”, garantiu.

O vereador Claudinho também agradeceu a toda população que confiou o voto (297), possibilitando a sua reeleição para o quarto mandato. Avisou que continuará lutando, principalmente na área da saúde. “O que eu prometi, pode ter certeza que vou cumprir”, afirmou. Parabenizou o prefeito eleito Valdevino e vice Marina pela excelente vitória. Acredita que o novo governo vai concretizar todos os projetos, citando casas populares, conquistas na área da saúde, equipamentos para o hospital e outras ações. Declarou que, com o empenho e união de todos, o trabalho terá por objetivo colocar Monte Belo no rumo certo.

O vereador Marquinho Tranches, reeleito para o terceiro mandato com 394 votos, manifestou agradecimento aos familiares e amigos eleitores, bem como a todas as famílias do município. Justificou que o seu discurso prevalece desde 2004, fazendo o que está ao alcance do vereador. Assim, novamente se colocou à disposição da comunidade. Garante que em momento algum deixou de trabalhar pelo povo. Também agradeceu o seu grupo político do DEM e candidatos que colocaram seus nomes à disposição, contribuindo muito para a campanha do prefeito eleito Valdevino. “Tenho certeza de que a gente pode fazer uma boa administração nos próximos quatro anos”, disse. Parabenizou os vereadores reeleitos, bem como aqueles que não conseguiram a reeleição, especialmente ao colega Luiz Carlos pelo discurso emocionante. Também parabenizou os três novos vereadores eleitos (Rosária, Pezão e Gilmar Ferreira). Por fim, Marquinho anunciou a liberação de recurso de R$ 100 mil para a recuperação de todo o telhado do hospital, com prazo de três meses para a execução da obra pela empresa responsável. Também foi liberada verba de R$ 30 mil para a aquisição de medicamentos através do deputado estadual Antônio Carlos Arantes. “Aqueles que não queriam a minha reeleição, infelizmente para eles, mas felizmente para comunidade, tenho mais quatro anos para continuar trabalhando”, desabafou.

O presidente Ricardo Prado, também reeleito com 225 votos, agradeceu a Deus, Nossa Senhora Aparecida, sua família, amigos e povo de Monte Belo que reconheceu o seu trabalho e proporcionou mais uma chance de continuar sua atuação em favor do povo na busca de recursos para o município junto aos deputados estaduais e federais. Comentou que foi da oposição, agradecendo a luta dos candidatos Klebinho e Dr. Reges que colocaram suas propostas para o povo, sempre com simplicidade e propondo mudanças. Porém, a cidade se dividiu na escolha do prefeito para o próximo mandato. “A democracia foi feita e as propostas melhor analisadas pelo povo foram de Valdevino e Marina”, disse. O presidente Ricardo manifestou seu respeito ao eleito Valdevino, destacando a sua experiência administrativa. Conclamou que todos os vereadores trabalhem junto com o prefeito, inclusive na busca de recursos para tornar a cidade melhor. Até porque o povo espera mudanças.

VENCEDOR NO CORAÇÃO - O vereador Natalino parabenizou os vereadores eleitos, pedindo a Deus que ilumine as mentes de todos. Em seguida, também agradeceu aos eleitores que confiaram no seu nome (30 votos). Por fim, considerou que Monte Belo deu um exemplo para o Brasil com o exercício da democracia e cidadania no pleito eleitoral deste ano. “Não fui um vencedor na eleição, mas sou um vencedor no coração”, disse.

O MUNICÍPIO DEIXOU DE GANHAR - O vereador Luiz Carlos também parabenizou os colegas que foram reeleitos. Contou que não teve esta oportunidade por falta de 04 votos. Mesmo assim, agradeceu os 169 votos de confiança que recebeu. “Acho que não perdi uma política. O município deixou de ganhar”, declarou. Lembrou a sua luta constante e trabalho incansável, garantindo que continuará empenhado em prol de conquistas para Monte Belo. Parabenizou e desejou sucesso à vereadora eleita Rosária do Bom Jesus que o estará sucedendo no próximo mandato, se colocando à disposição quando necessário. Por fim, contou sobre o apoio da família, principalmente dos filhos, num momento de grande emoção. Depois de se dedicar ao município por muitos anos, agora terá tempo para a família e filhos.

Fonte: A Folha Regional - Ed. 1316