Câmara A+  
A-  
A 
Buscar no site:

Notícias da reunião de 19 de fevereiro


Em 27/02/2015 - Notícias da reunião de 19 de fevereiro

Abandono do Distrito da Juréia também mereceu repúdio no Legislativo de Monte Belo

A realização do carnaval e o abandono no Distrito de Juréia mereceram duras críticas por parte dos vereadores durante a reunião da Câmara de Monte Belo no dia 19 de fevereiro. Confira estes e outros temas abordados, inclusive a aprovação de reajuste salarial para os servidores públicos e homenagens a deputados estaduais.


REAJUSTE SALARIAL - Foi aprovado por unanimidade, em turno único, projeto de Lei do Executivo que dispõe sobre a revisão geral anual em 6,41% da remuneração dos servidores públicos do município de Monte Belo, prevista no Artigo 37, inciso X, da Constituição Federal.

O vereador Nilsinho (PMDB) manifestou satisfação, lembrando que apresentou pedido de reajuste salarial aos servidores na reunião anterior da Câmara. Mesmo reconhecendo que o índice concedido é pequeno, representando apenas a perda inflacionária, destacou que é melhor que nada. O vereador Luiz Carlos do Doti (DEM) comentou que não houve aumento, mas apenas um reajuste salarial conforme a inflação. Através de estudo, foi possível conceder o reajuste de 6,41%.

Também foram aprovados projetos de Lei do Legislativo concedendo reajuste de 6,41% aos servidores públicos da Câmara Municipal, bem como reajustando os subsídios do prefeito, vice-prefeito, secretários, do presidente e vereadores.


HOMENAGEM A DEPUTADOS - Foram aprovados por unanimidade, em turno único, dois projetos de Lei do Legislativo concedendo título de cidadania. No primeiro, de iniciativa do vereador Claudinho (PR), a honraria será entregue ao deputado estadual Cássio Soares (PSD). Já o projeto de iniciativa do presidente Ricardo Prado (PR) irá homenagear o deputado estadual Emidinho Madeira (PT do B). Ricardo agradeceu os colegas pela aprovação a homenagem, destacando que Emidinho Madeira também grande atuação na área de saúde, principalmente em benefício do Hospital do Câncer. Aproveitou para anunciar que o mesmo deputado instalou casa em Belo Horizonte para atendimento de pessoas da região, bastando o agendamento através dos vereadores Ricardo e Luciano.


ÁGUA NA JURÉIA, LOTEAMENTO E ASFALTAMENTO -O vereador Marquinho Tranches (DEM) apresentou indicação ao Executivo sugerindo o aumento da tubulação em 60 mm da caixa de água até a rede de distribuição de água do Distrito de Juréia. Considerando a falta de água que vem prejudicando os moradores do referido distrito, alegou que a reforma da tubulação é necessária para normalizar a situação. O aumento da tubulação poderá solucionar o problema, proporcionado uma água com maior pressão e possibilitando o atendimento dos moradores das ruas localizadas na parte alta do distrito. Aproveitou para comentar que será implantado mais um loteamento na Juréia e que moradores do bairro Jardim Nova Monte Belo estão reclamando de água que corre de loteamento logo acima e causa problemas. Para ele, os projetos aprovados devem atender as exigências legais da prefeitura. Portanto, pediu o envio de ofício ao Executivo indagando se todos os loteamentos estão adequados às leis.

Marquinho ainda reivindicou o asfaltamento das Ruas Honorata Luíza Teixeira e Reginaldo Ferreira de Assis. Entende que a comunidade merece informações a respeito e tomada de providências.

Em seguida, Marquinho pediu ao líder do prefeito na Câmara (Claudinho) informações sobre a prestação de serviços de iluminação pública em Monte Belo. Segundo ele, moradores de diversos locais do município estão cobrando informações e melhorias. Como o encargo passou para as prefeituras a partir de janeiro, seria necessária que a população seja informada sobre o local e meios para reclamações. Finalizou, comentando sobre o trabalho de conservação das estradas rurais do município.


DURAS CRÍTICAS AO CARNAVAL - A vereadora Maria Aparecida (“Cida” - PSD) relatou críticas feitas pela população com relação ao carnaval da cidade, confessando sua indignação. Considerou o evento um verdadeiro absurdo, defendendo a melhor aplicação do dinheiro público. A vereadora lembrou que no passado fazia parte da comissão da cultura, juntamente com o colega Ricardo Prado, quando trabalhavam de forma incansável na realização dos carnavais. Na época, o Rei Momo recebia as chaves da cidade através do prefeito, sendo que o evento contava com bandas de qualidade e os jovens permaneciam na cidade. Porém, a vereadora confessou que ficou com vergonha pelas críticas recebidas com o carnaval deste ano pela falta de organização e critérios na aplicação do dinheiro público.

O vereador Nilsinho (PMDB), também em tom de crítica, comentou que a banda começou sua apresentação às 2 horas da manhã na primeira noite de carnaval. Parabenizou a colega pelo pronunciamento, também defendendo melhor aplicação do dinheiro público.

O presidente Ricardo Prado (PR) foi outro que criticou o carnaval, considerando uma vergonha para o município. Confirmou palavras da colega Cida sobre o brilhantismo dos carnavais do passado. Ricardo também criticou o atraso das bandas, questionamento sobre o pagamento. Parabenizou os blocos carnavalescos, sendo que no passado eram 30 e neste ano apenas 3. “O carnaval foi péssimo”, criticou e apresentou outros questionamentos.


ESTRADAS RURAIS, CRECHES E COBRANÇAS - O vereador Nilsinho (PMDB) confirmou problema com abertura de rua no bairro Jardim Nova Monte Belo. Para ele, providências devem ser tomadas pela prefeitura ou Copasa. Assim, solicitou o envio de ofício ao Secretário de Obras para verificar o problema em diversos locais, acrescentando buraco existente na Rua Curitiba. Nilsinho pediu limpeza em mata-burro na estrada do bairro Serra Escura. No mesmo bairro, ponte deve ser levantada para sua melhor conservação. Reivindicou que tenha continuidade a colocação de cascalho nas estradas rurais, principalmente nas áreas do transporte escolar.

Nilsinho ainda comentou que o bairro Bom Jesus contava com o funcionamento de uma creche, que foi transferida para outro local. A creche foi reformada, mas permanece fechada. Assim, defendeu a volta do funcionamento da mesma para atender as crianças do bairro. O mesmo acontece no bairro Santa Rita. Cobrou ação por parte da área de engenharia da prefeitura devido à falta de água no distrito de Juréia. Cobrou a presença do responsável na reunião da Câmara para prestar esclarecimentos sobre diversas questões. Aproveitou para cobrar a implantação de energia elétrica para moradores da Juréia que contam com apenas um padrão de luz. No final, relatou problema com incubadora de UTI Móvel, sendo que família foi prejudicada pela simples falta de bateria no equipamento.


BANHEIROS PÚBLICOS, TAPA-BURACOS E ILUMINAÇÃO -Através de indicação ao Executivo, o vereador Claudinho (PR) sugeriu a instalação de banheiros públicos, masculinos e femininos, nas praças da cidade, principalmente na área central onde ocorre a maioria dos eventos. Em contato com o prefeito, recebeu a garantia de que a obra será executada. O líder do prefeito respondeu questionamento do colega Marquinho na reunião anterior sobre a operação tapa-buracos. Segundo ele, a Copasa deve cumprir com sua obrigação quando realizada a abertura de buracos. Em seguida, solicitou a leitura de resposta encaminhada pelo Secretário de Obras comunicando que a operação tapa-buracos já está sendo executada em alguns locais, bem como está sendo feita licitação para a compra de mais massa asfáltica para dar sequência aos trabalhos iniciados. Sobre os encargos da iluminação pública, a partir de 2015 sob a responsabilidade de cada prefeitura, Claudinho informou que licitação foi vencida por uma empresa de Passos, sendo que prestará serviço ao consórcio de municípios da AMOG. O vereador ainda comentou sobre a continuidade, em situação de prioridade, do serviço de conservação das estradas rurais.


IMPOSTOS, ECONOMIA E SANTA CASA -O vereador Luiz Carlos do Doti (DEM) informou que no dia seguinte (20/02) venceria o prazo para os interessados no programa de desconto dos juros e multas sobre os impostos devidos ao município. Segundo ele, poucas pessoas procuraram o setor de tributação para acertar os débitos, contando com o benefício do desconto. Luiz Carlos ainda destacou que o asfaltamento de ruas na Juréia é um projeto viabilizado pelo deputado federal Carlos Melles (DEM) no ano passado. O vereador também revelou que, como ex-presidente da Câmara no biênio 2013/2014, foi possível economizar no final do ano passado o montante de R$ 103 mil. Deste total, foi repassado o valor de R$ 25 mil para a Santa Casa local para pagamento dos funcionários. Por fim, houve a devolução ao Executivo do valor de R$ 88 mil. “Um trabalho digno, de honestidade e transparência”, falou. Luiz Carlos aproveitou para anunciar que nos dias 18 e 19 de abril será promovido o 1º Encontro de Carros de Boi em prol da Santa Casa.


INDIGNAÇÃO COM SITUAÇÃO DA JURÉIA - O vereador Natalino Batista Rosa (PT) foi incisivo nas críticas ao Executivo sobre problemas enfrentados pelos moradores do distrito de Juréia. Manifestou sua indignação com o desperdício de dinheiro público no carnaval, questionando a falta de investimentos no cemitério, asfaltamento de rua e iluminação pública na Juréia. Relatou que recebeu várias reclamações durante o carnaval quanto à situação de abandono do cemitério. Fez um apelo para que investimentos sejam feito, principalmente com o padrão de luz no cemitério, alambrado ao redor da caixa de água e falta de água na localidade. Aproveitou para solicitar fiscalização quando ao desperdício de água na parte baixa do distrito, prejudicando os moradores da parte mais alta. Avisou que, se for necessário, estará apresentando fotos e nomes de pessoas que cometem o desperdício.


AVENIDA, CASCALHO E BANCO DO BRASIL - O presidente Ricardo Prado (PR) apresentou duas indicações. Na primeira, requerendo a colocação de cascalho no pátio da Fábrica de Doce Doçura de Minas, localizada na BR 491, km 2, Sítio Cachoeira. Isto mediante o pagamento de taxa de serviço, sendo que o proprietário vem solicitando a providência há seis meses sem que seja atendido. O presidente ainda sugeriu que seja executada a tubulação das águas pluviais na Av. Getúlio Vargas. Com isso, solucionando problema existente, sendo que o município já realizou a compra das manilhas necessárias. O presidente ainda comentou que as creches não estão conseguindo atender a demanda, defendendo providência e implantação de novas creches.

Ricardo Pradoainda comentou que, devido à explosão de caixas eletrônicos no Banco do Brasil, o atendimento à população foi interrompido, causando grandes transtornos. Assim, solicitou o envio de ofício à Superintendência do BB pedindo que os trabalhos sejam restabelecidos com urgência no município. Até porque danos também foram causados na agência do Bradesco.

Fonte: A Folha Regional - Ed. 1233